Quando escuto o berimbau minha alma se arrepia, meu coração bate conforme o ritmo.. Essa é a magia da capoeira, sem entender o que nos move, o que nos faz sentir a energia pulsar em nossas veias. 

A cada palma batida em ritmo com o berimbau, atabaque, pandeiro e coro das vozes, cada parte de meu corpo quer fazer parte daquilo, daquele momento. Parece que todo o inexplicável, tudo fica fácil de entender.

Sou uma amante dessa arte, luta, cultura que nos faz sentir a necessidade de expressar como seres humanos, de termos a paciência e respeito pelo próximo, pois sozinho não podemos realizar um jogo, quem diria uma roda. Precisamos sempre de companhia para termos este esporte que nos faz entender a cultura de um povo que sofre para sobreviver, no meio de tantas guerra a capoeira é capaz, e prova isso na pratica de trazer a paz entre os povos de diferentes culturas e tradições, independente de raça, sexo ou cor, por isso todos que a praticam é incapaz de esquecer, mesmo que se afaste nunca a esquecemos.

Com ela podemos ser forte ou fraco, ágil ou devagar, maldoso ou caridoso, rei ou plebeu, ela nos traz alegria e hoje em dia  isso é primordial em um mundo cheio de stress e obrigações, como o mundo em que vivemos.
Com ela me sinto leve, sinto o limite que coloco somente em minha cabeça, pois o limite realmente esta na mente de cada individuo. Com a capoeira sempre aprendo muito a cada dia, a cada instante e uso tudo isso em minha vida para ser mais fácil de viver no meio de tantos preconceitos, se cada pessoa entendesse o beneficio que ela nos traz não somente fisicamente mais principalmente emocionalmente seriamos seres humanos bem melhores. Por isso a capoeira é minha vida.

Esta é uma declaração de amor a capoeira e agradecimento por tudo o que ela faz e fez por mim e minha família.   Sem capoeira não posso viver.......
-

Contra Mestre Monise - Foto: Raquel Cristi


Contra mestre Monise vadiando...